BLOG

Ouse Iluminação  ›  Blog  ›  A importância do design de iluminação

A importância do design de iluminação

Misturar arte e tecnologia à técnica projetual é essencial para a valorização e bem-estar nos ambientes

A luz é uma ferramenta poderosa que pode melhorar qualquer ambiente através do seu uso cuidadoso na interação com o espaço, formas, superfícies, texturas, cores e, o mais importante, com as pessoas que ali convivem.

Um bom projeto de iluminação pode melhorar ou reinterpretar um espaço, pode também apoiar os valores da marca – em um ambiente corporativo ou comercial,  aumentar a produtividade, melhorar o bem-estar, ditar o clima geral e o estilo decorativo.

Com as luminárias certas, assim como um ambiente descontraído pode ganhar uma atmosfera mais sofisticada, os espaços mais maçantes também podem ser transformados.

Por isso, é tão importante contar com a ajuda de um profissional especializado em iluminação que saiba aliar a arte do design com as tecnologias disponíveis.

O design de iluminação e a criatividade

O design de iluminação e a criatividade andam de mãos dadas na composição de um ambiente específico, fachadas de edifícios ou até mesmo áreas comuns de um condomínio. Seu objetivo principal é a funcionalidade, mas este deve ser alcançado considerando o estilo pessoal daqueles a quem se destina e suas necessidades, bem como as características inerentes a função do espaço. Isso tudo, é claro,  tendo como base o projeto arquitetônico e de decoração.

A tecnologia das lâmpadas

A luz artificial progrediu significativamente ao longo da última década, especialmente com a produção em massa e os desenvolvimentos tecnológicos dos diodos emissores de luz (LED’s).

Hoje, as luminárias de LED atualmente dominam o mercado, mas não só por questões econômicas.

Além de reduzir o consumo e os custos de manutenção, o que é um dos seus principais apelos comerciais, com poucos watts de potência uma lâmpada de LED produz a mesma luminosidade que uma incandescente de alta intensidade.

Outro ponto a ser considerado é a sua sustentabilidade. Ao contrário das lâmpadas incandescentes e fluorescentes, que utilizam filamentos metálicos e descarga de gases, as lâmpadas de LED não contém mercúrio, não emitem calor e nem raios ultravioleta.

Não esqueça:o design de iluminação é uma área de muitas possibilidades e contar com a assessoria luminotécnica da Ouse Iluminação é o primeiro passo para escolher a solução mais eficiente e alcançar o efeito desejado.